quinta-feira, 8 de julho de 2010

Dia 02: Livro favorito


Eu adoro ler, mas falar de um (e só um) livro favorito pra mim é muito difícil. Na verdade, eu nunca tinha parado pra pensar nisso. Como é que eu vou escolher só um? Eu poderia escolher um pra cada categoria quase.
Mas então, agora eu estou lendo o Confissões de Uma Banda 2 - Alto, Rápido e Fora de Controle da Nina Malkin que é muito bom também, tanto quanto o primeiro. Mas o que vai entrar mesmo pra categoria de Livro Favorito é... (que rufem os tambores) O Mundo de Sofia do Jostein Gaarder!
Às vésperas de seu aniversário de quinze anos, Sofia Amundsen começa a receber bilhetes e cartões postais bastante estranhos. Os bilhetes são anônimos e perguntam a Sofia quem é ela e de onde vem o mundo em que vivemos. Os postais foram mandados do Líbano, por um major desconhecido, para uma tal de Hilde Knag, jovem que Sofia igualmente desconhece.
O mistério dos bilhetes e dos postais é o ponto de partida deste fascinante romance, que vem conquistando milhões de leitores em todos os países em que foi lançado. De capítulo em capítulo, de "lição" em "lição", o leitor é convidado a trilhar toda a história da filosofia ocidental - dos pré-socráticos aos pós-modernos -, ao mesmo tempo em que se vê envolvido por um intrigante thriller que toma um rumo muito surpreendente.

Eu realmente gosto muito desse livro. Porque com ele, no primeiro ano do ensino médio que eu resolvi gostar de filosofia e ver como não é tão chato quanto muita gente já me disse. Nem o livro, nem a Filosofia em si. E também porque a história é muito legal.
Como o próprio Jostein diz no livro, não conhecemos a verdade absoluta, mas temos necessidade de acreditar em algo. Assim, podemos acreditar num conjunto de coisas como verdadeiras e conhecer o pensamento de outras pessoas sobre o mesmo assunto é importante pra construir a nossa "própria verdade".

Nenhum comentário: