sábado, 28 de agosto de 2010

Nós que aqui estamos por vós esperamos

3 comentários

"Em uma guerra não se mata milhares de pessoas. Mata-se alguém que adora espaguete, outra que é gay, outro que tem uma namorada... Uma acumulação de pequenas memórias."
Christian Boltanski

"Os homens criam as ferramentas. As ferramentas recriam os homens."
McLuhan

"Conforme o último desejo de Timothy suas cinzas foram lançadas no Espaço. Lucy in the sky with diamonds. Mas para surpresa de Timothy na Lua ocorria um curioso encontro. Che, Gandhi, King e Lennon discutindo assuntos terrestres."

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

I Dont Want To Talk About It - Rod Stewart & Amy Belle

0 comentários

Adoro.

domingo, 22 de agosto de 2010

The Strokes e eu...

0 comentários
...estamos nos reconciliando. Só porque o Is This It é muito bom ok? u.u'
Há uns 2 anos eu nem lembrava mais dele, mas Soma me fez lembrar o quanto eu gostava.
Enfim, melhor deixar as mágoas no passado e ouvir o meu álbum favorito deles. *0* Só não falem mal do Jet de novo! U.U'

sábado, 21 de agosto de 2010

Boas garotas sofrem...

1 comentários
Sem mais comentários, isso é realmente uma 'puta falta de sacanagem'.

"Baby, você não precisa de um salão de beleza..."

0 comentários



Salão De Beleza - Zeca Baleiro
Se ela se penteia eu não sei
Se ela usa maquiagem eu não sei
Se aquela mulher é vaidosa eu não sei
Eu não sei, eu não sei

Vem você me dizer que vai a um salão de beleza
Fazer permanente massagem rinsagem
Reflexo e otras cositas más (2x)

Baby você não precisa de um salão de beleza
Há menos beleza num salão de beleza
A sua beleza é bem maior do que qualquer beleza de qualquer salão (2x)

Mundo velho e decadente mundo
Ainda não aprendeu a admirar a beleza
A verdadeira beleza
A beleza que põe mesa
E que deita na cama
A beleza de quem come
A beleza de quem ama
A beleza do erro
Do engano
Da imperfeição

Belle belle como Linda Envangelista
Linda Linda como Isabelle Adjani
Ai bela morena ai morena bela
Quem foi que te fez tão formosa
É mais linda que a rosa
Debruçada na janela

quinta-feira, 19 de agosto de 2010

Aldous Huxley e The Strokes

0 comentários

Depois de 4 pílulas de meio grama de soma, cá estou eu, acabando de sair da minha fuga, vos falando.
Tá, na verdade eu só acabei de acordar... É que como no Admirável Mundo Novo uso o sono como fuga também. E bem, agora eu dormi demais. Mas não vem ao caso. O fato é que, depois de dormir demais, fiquei lembrando do bendito soma, que no livro de Aldous Huxley, o Admirável Mundo Novo, são pílulas de meio grama que as pessoas "civilizadas" recebem como uma ração e a usam quando estão tristes, irritados ou qualquer sentimento do gênero pra tirarem uma sonequinha e ficarem como se nada houvesse acontecido. E melhor: sem efeitos colaterais. Então, também não tou sentindo nada, o que me faz crer que se essa droga existisse mesmo, eu a teria no sangue naturalmente. -q haha

E o que me faz vir escrever tais coisas? Única e simplesmente porque eu vim pro pc e comecei a procurar 'soma' no orkut (falta do que fazer, eu sei, o pior é que eu tenho o que fazer) e achei a música dos Strokes! Que tem várias alusões ao livro.

Eu realmente, passei mais da metade do livro sem lembrar da música! Isso porque há bastante tempo eu já não ouço Strokes tanto assim. E é, não pergunte os motivos. Então, taí a música:

Soma

Soma é o que eles tomariam quando
os tempos difíceis abrissem os seus olhos
Vissem a dor de um novo jeito
Riscos altos para poucos nomes
Correndo contra raios de sol
Perdendo contra seus sonhos
Nos seus olhos
E eu sou Pare E vá
Nos seus olhos,
Veja, eu sou Pare E vai
Nos seus olhos
Vamos lá!
Quando eu a ví pela primeira vez
Lábios se moveram enquanto ela fechava os olhos
Ouvi algo na voz dele
"E eu vou estar lá",
ele diz
Então, ele sai
De alguma forma ele estava se esforçando
demais para ser como eles
Bem, eu sou Pare E vai
nos seus olhos
E eu sou Pare
Oh, querida, deixe me ir
Experimentaram uma vez e eles gostaram
Então tentaram esconder
Ele Diz "Tenho feito isso por 25 anos"
Mas eu não estou mais ouvindo
E esses amigos, eles continuam pedindo por mais
Oh, yeah
Oh, mas é isso

segunda-feira, 16 de agosto de 2010

Velhice Precoce -q

0 comentários
"Você não gosta de lugares lotados? Não gosta de muita gente? Odeia chegar atrasado nos lugares pq tem que cumprimentar todo mundo? Boate? (Porque não um barzinho e uma cervejinha?) Tem dor na coluna, estômago e cabeça? Só conversa com quem você conhece e gosta? Não suporta gente que fala demais e ainda por cima super alto? Odeia gente que é muito simpática e vive sorrindo? Prefere ficar em casa lendo, vendo filme do que sair pra balada? Tem poucos AMIGOS e não faz questão de ter muitos? As pessoas acham você antipática (o), chata (o), brava (o), mala, cara fechada?
Não gosta de Carnaval? Não?
Velhice Precoce. Achou seu lugar!!
Não se preocupe, você não está sozinho no mundo."

dessa comunidade aqui: Velhice Precoce

Então, eu sou uma velha na tpm. O que daria um bom nome pro blog, se eu já não tivesse mudado antes.
Eu sou uma senhorinha de dezesseis anos, não tenho pique pra acompanhar essa juventude clichê e estou na tpm. Sorte que eu já tenho o meu velhinho. ♥ HUAHUA

/comofas?

domingo, 1 de agosto de 2010

Dia 25: Seu dia, em detalhes;

2 comentários

Ok, começando da hora em que eu acordei hoje.
Bom, meu dia não foi lá muito interessante, mas se o meme quer saber... Lá pelas oito e pouco eu fui brutalmente acordada pela minha mãe que colocou a tv altissimo e começou a falar com a nossa gata (ela faz isso se eu demoro muito pra levantar -q) e fui pra feira. Feira até pouco mais do meio dia. Chego em casa. Duas ligações do namorado. Ligo pra ele quase uma da tarde. Meia hora de conversê com o amore e aí tv. Filme na Globo: Tá Todo Mundo Louco. Tentativa de exercícios de química. Olho no caderno, não é pra amanhã, mas pro dia 11. Tv atéé quando Deus quis. Daí Deus me lembrou que meu cabelo tava terrível e eu precisava lavá-lo pra poder fazer alguma coisa. Fui tomar banho. Cabelo lavado, vamos às unhas. Unhas pintadas de roxo de novo. Unhas feitas, vamos... à tv. -q Justin Bieber na Tv cantando a Eliana? Vamos ver se tem e-mail... Não tem. 5 minutos pra checar que realmente não tinha nada novo na minha vida virtual e fui tentar dormir um pouquinho. Quem disse que consegui? TV...TV... sete da noite! *-* MSN. Louie jantando, Bruna postando, e ao som de Floyd, daqui a pouco quem janta sou eu que tou morrendo de fome. Mãe acabando de me chamar pra jantar. Tou indo.

E esse foi o meu dia até agora *-*

E agora o Louie chamando no msn...

sábado, 31 de julho de 2010

Dia 24: Qualquer coisa à sua escolha;

1 comentários
Um japagodinho no fim do sábado...


"Ishta dobrando à ishquerda ishquerda ishquerdaa, querido meu amô..."

quinta-feira, 29 de julho de 2010

Rá!

0 comentários
É mesmo um gênio esse L! *-*

Dia 23: Um vídeo do Youtube;

2 comentários
Eu poderia colocar um monte de vídeos aqui. Maaas, vamos ao que eu mais gosto de assistir no youtube depois de clipes de música e trailers de filmes: Crianças! Cada coisa fooofa!!
Então, escolhi pro dia 23 três vídeos. Dois que eu acho mega fofos e um que eu ri muito!
Bora pro dia 23 então, TRÊS vídeos do Youtube.

1- O Amor Não Correspondido
Cara, como eu ri disso!

2- Garotinho tocando e cantando I'm Yours do Jason Mraz
Oun *-*

3- Comercial de Margarina (sim!)

Oooooouuuunnn *-* meu favorito! hahua Coisa mais fooofa!

Dia 22: Um site;

0 comentários
O Buteco da Net :D (clica na imagem)

O primeiro em que eu pensei em colocar aqui. E que eu visito todo dia.

Dia 21: Uma receita;

1 comentários
Huum, várias! Mas como não tenho nenhuma receita mesmo das que eu gosto aqui e sou péssima na cozinha, resolvi postar algo que eu faço sempre que tenho fome, goiabada e bolacha de maizena. E preguiça de postar também.

Biscoito Recheado de Goiabada Caseiro à la Brunandradi (?)
Ingredientes:
-Um pacote de bolacha de maizena
-Goiabada

Modo de Preparo:
-Corte a goiabada em tirinhas e coloque uma tira entre duas bolachas. Rende um moooonte de porções. Tempo de preparo mínimo

Na falta de uma foto, tem essa que eu achei no Google, bolacha + Nutella. Fica igualzinho se você colocar uma fitinha cor-de-rosa! *-* Só que com gosto de goiabada, é claro. Bonitinho assim, Louie que ta certo, nosso casamento só vai ter isso de docinho! *-* HAHUAHA.

P.S.: Huahua. O que a preguiça não faz...

segunda-feira, 26 de julho de 2010

Dia 20: Uma hobby seu;

0 comentários
Ler. =)

sábado, 24 de julho de 2010

Dia 19: Um talento seu;

1 comentários

Bom, do que eu acho que faço de melhor (ou tento) tem uma amostra aqui:

Nic Cester e Cam Muncey, Axl Rose, Chris Cester e Mark Wilson
Kenichi Matsuyama como L - Death Note

Ainda tenho bastante coisa pra melhorar, mas eu gosto muito do resultado! E gosto mais ainda de como eu me destraio desenhando. Comecei com os retratos em 2007, depois de muita tentativa! haha
E com o que saiu melhorzinho e os elogios eu continuei e o mais recente é esse:
Louie e eu. *-*


sexta-feira, 23 de julho de 2010

Dia 18: Qualquer coisa à sua escolha;

1 comentários

Go Let it Out - Oasis

quinta-feira, 22 de julho de 2010

O Julgamento

0 comentários

"Promotor: Bom dia, Verme Vossa Excelência!
A Coroa provará que o prisioneiro, que agora está perante Vós
Foi preso em flagrante mostrando sentimentos
Mostrando sentimentos de uma natureza quase humana
Assim, não dá!
Chame o professor!"

Juiz: "Em todos os meus anos de juiz, nunca ouvi falar
De alguém mais merecedor da pena máxima da lei"

"Juiz: Já que, meu amigo, você revelou seu medo mais profundo
Eu o condeno a ser exposto diante dos seus semelhantes
Derrubem o Muro!"


The Trial - Pink Floyd (do álbum/filme The Wall)

Dia 17: Uma obra de arte (pintura, desenho, escultura);

2 comentários
Desenho do meu namorado! hahua Tá, agora adivinha quem é o casalzinho ali. *-*

quarta-feira, 21 de julho de 2010

Dia 16: Uma música que te faça chorar;

0 comentários
Como eu sou um malenquinho sentimental, muuuitas músicas me fazem/me fizeram chorar. Se eu tou de tpm então, qualquer música mais assim serve. Mas Everybody Hurts do R.E.M me emociona quase sempre e eu adoro o vídeo também.

Everybody Hurts - R.E.M

Tradução: Todo mundo sofre

Quando o dia é longo, e a noite
A noite é somente sua
Quando você tem certeza que já teve o suficiente desta vida,
Bem, persista...
Não desista de si mesmo, pois todo mundo chora
E todo mundo sofre, às vezes...

Às vezes tudo está errado,
Nesse momento é hora de cantar junto.
Quando seu dia é noite, sozinho, (Aguente, aguente)
Se você tiver vontade de desistir (Aguente....)
Se você achar que teve demais desta vida,
Bem, persista...

Pois todo mundo sofre,
Consiga conforto em seus amigos.
Todo mundo sofre...
Não se resigne, oh, não!
Não se resigne
Quando você sentir como se estivesse sozinho.
Não, não, não, você não está sozinho...

Se você está por sua própria conta nesta vida,
Os dias e noites são longos,
Quando você sentir que teve demais desta vida
Para persistir...

Bem, todo mundo sofre
Às vezes, todo mundo chora.
E todo mundo sofre
Às vezes...
E todo mundo sofre às vezes...
Então aguente, aguente, aguente, aguente,
aguente, aguente, aguente, aguente...

Todo mundo sofre...
Você não está sozinho...

terça-feira, 20 de julho de 2010

"4- Problemas

0 comentários
todos nós temos, isso significa que estamos lutando por algo à conquistar, feliz de quem tem obstáculos para resolver e depois se deliciar com as recompensas. Não se preocupe com os obstáculos da vida, eles nos fazem crescer."


Que me lembrou isso:

Problema-Titãs

Já dizia os Jesus and Mary Chain (e o George Harrison): all things must pass! :)

Dia 14: Um livro de não-ficção;

0 comentários

Inverno na Manhã- Uma Jovem no Gueto de Varsóvia - Janina Bauman

Em um relato pessoal e tocante, Janina Bauman nos revela as experiências e emoções de uma adolescente de família próspera que sofreu os horrores de ser judia numa terra controlada pelos nazistas. Quando Hitler invadiu a Polônia em 1939, Janina tinha 14 anos. Nos seis anos seguintes ela enfrentou a luta pela vida e os dilemas da adolescência, o medo e a perda da inocência, a fome e as primeiras emoções do amor. A partir de seus diários da época - escondidos durante a guerra e reencontrados intactos após o conflito -, a autora retorna a esses duros anos, apresentando-nos sua família, as amizades surgidas do infortúnio, a fuga do gueto de Varsóvia, a vida em esconderijos.

Livro emocionante. História que eu guardei na memória pra sempre (e que provavelmente já falei dele aqui no blog).
Para mais informações, favor vide Google. Demorei tanto digitando o post do Laranja que cansei.


Dia 13: Um livro de ficção;

0 comentários
Laranja Mecânica - Anthony Burgess

− Qual vai ser o programa, hein?

Um dos mais recentes livros que eu li e que gostei muito. Já há muito tempo o filme me chamava a atenção (assim como O Iluminado de Stephen King), a história e a polêmica, mas nada demais. Então, numa livraria eu encontro essa capa (que é muito mais legal ao vivo) em uma prateleira, o que me despertou ainda mais interesse. Sai da livraria, voltei de viagem e me arrependi de não ter comprado. Baixei o livro na internet enquanto lia o começo de Memórias Póstumas pra um trabalho. Não aguentei de ansiedade e comecei a ler o Laranja. E me desculpe, Machado, mas larguei o Memórias e me dediquei inteiramente à história de Alex (DeLarge) e seus drugues. Mesmo cheia de preconceitos por causa das críticas ao filme (e mesmo sem o estômago pra vê-lo) e toda a ultra-violência, a história me prendeu muito e eu não conseguia parar de ler. Imagens do filme no post pra não ficar muito desinteressante, para você que tem preguiça de posts/livros imensos e sem figuras.

Alex é um garoto de 15 anos (no livro -q) que se diverte à noite espancando e estuprando pessoas com seus drugues. Uma vez traído por seus amigos, Alex é preso e, para encurtar sua pena, se apresenta como voluntário de um novo tratamento que prometia torná-lo uma pessoa incapaz de fazer o mal e voltar ao convívio social.
Logo Alex descobre que o Tratamento Ludovico não é tão fácil assim, sendo obrigado a assistir a filmes violentos tendo braços e pernas presos a cadeira e os olhos constantemente abertos, para que não perdesse nenhum detalhe. Após o fim do tratamento, Alex associa a vontade de fazer maldades com as cenas dos filmes que assistiu e sente dores físicas e enjôos, tendo assim que fazer o bem para se sentir melhor. Ele não pode sequer se defender e assim, volta às ruas e depois de tentar suicídio, volta a sentir prazer em fazer maldades como antes.


"Se as líudes são boas é porque gostam, e eu nunca desmancharia os prazeres deles, e do outro lado a mesma coisa. E eu estava defendendo esse outro lado. Mais ainda, a ruindade faz parte do ser, do eu, tanto em mim quanto em vocês no odinoque, e este eu é feito por Bog, ou Deus, e é o seu grande orgulho e radoste. Mas o não−ser não pode aceitar o mal, quer dizer, os do governo, os juizes e os colégios não podem permitir o mal porque não podem permitir a individualidade. E não é a nossa História moderna, meus irmãos, a história de bravas individualidades malenques lutando contra essas máquinas enormes? Quanto a isto, meus irmãos, eu estou falando com toda a seriedade. Mas, o que faço, faço porque gosto."

"− Ah, vai ser agradável ser bom, reverendo. − Mas por dentro eu dei um esmeque realmente horrorshow, irmãos. Ele disse:
− Ser bom pode não ser agradável, 6655321. Pode ser horrível ser bom. E quando digo isto a
você, eu compreendo como soa contraditório. Eu sei que vou passar muitas noites sem dormir por causa disto. O que é que Deus quer? Deus quer a bondade ou a escolha da bondade? O homem que escolhe o mal é talvez de uma certa forma melhor do que aquele a quem a bondade é imposta.
Questões duras e profundas, 6655321."

Não copetou os eslovos que o nosso drugue usou para narrar sua historia, meu brete? Taí o glossário (pela ordem em que elas aparecem):
drugues: amigos, companheiros
líudes: pessoas
no odinoque: sozinho
Bog: Deus
radoste: alegria
malenques: pequenas
esmeque: riso
horrorshow: bom
copetou: entendeu
eslovos: palavras
brete: irmão


segunda-feira, 19 de julho de 2010

Dia 12: Qualquer coisa à sua escolha;

1 comentários
CDS NOOOOOOOOOOOOVOOOOOOS!!!! *0*

Eu sou viciada em cds. Assumo. Sempre que posso e vejo um que gosto eu compro mesmo! O que é meio difícil numa cidade do interior. Mas sábado, numa viagenzinha pra BH, encontrei dois cds que eu adoro e (o melhor) com preços bons. Viva as promoções
das Americanas! Viva o milagre de um cd em promoção do Pink Floyd!

E vamos às fotos!


The Division Bell (1994) do Pink Floyd...

...e Be Here Now (1997) do Oasis. *-*

Tudo junto e misturado!


domingo, 18 de julho de 2010

Dia 11: Uma foto tirada recentemente;

0 comentários
O post era pra ter sido feito sexta-feira, mas a preguiça ou falta do que postar falou mais alto. Então, uma foto mais recente ainda: eu e meus cds novos! Pink Floyd e Oasis! Coisa linda! *-* Mas falo deles no outro post, que seria o de sábado (ontem, dia 17).

quinta-feira, 15 de julho de 2010

Dia 10: Uma foto tirada há anos atrás;

0 comentários
Um ano e quatro meses de vida! Escolhi essa foto porque tava com pressa e foi o primeiro álbum que eu peguei, mas também porque foi tirada num lugar muito especial pra mim, onde eu espero que permaneça de pé por muito tempo pra que eu possa levar meus filhos pra brincar lá.
Ah e claro, rabiscada autografada por mim no auge dos meus quase dois anos.


Momento FFUUU...

0 comentários
Uma verdadeira obra de arte.

quarta-feira, 14 de julho de 2010

Dia 09: Uma foto que você tenha tirado;

1 comentários
Infelizmente, não tenho muitas fotos legais que eu tenha tirado, até porque mesmo tendo muuuita muita vontade, nunca tive a coragem de sair fotografando qualquer coisa por aí. Mas essa foto eu até gosto.
É de uma pracinha em Leandro Ferreira, uma cidade pequenininha de Minas e a gente foi num dia muito calmo. Não lembro, mas acho que era feriado e não tinha praticamente ninguém nas ruas.
Enfim, ninguém por perto, árvores verdes verdes e um céu cheio de nuvens, coisas que eu adoro.
(clicando fica maior /dik)

Dia 08: Uma foto que te deixe triste, ou irritado

1 comentários


Na verdade, o que me deixa triste/irritada é o fanatismo que certas garotas têm por seus ídolos.
Tudo bem, na época dos Beatles era assim, ou pior, mas os Beatles realmente eram bons no que faziam.
Não que eu esteja falando mal do Zac Efron, o problema é que essas meninas que ficam enlouquecida com qualquer rostinho bonito que faz sucesso me dão nos nervos. E não, não é coisa de pré-adolescentes de 12 anos, porque eu já vi muita garota mais velha "maria-vai-com-as-outras" que é dessas que gostam de qualquer coisa que faz sucesso. Acho que gente assim não tem opinião formada, muito menos personalidade. Pelo menos não ainda, o que eu associo com imaturidade.
É claaaro, que tem gosto pra tudo e se você realmente gosta de algo assim, que faz sucesso, tudo bem, não quer dizer que você seja idiota. Até porque, eu mesma gostei bastante da Lady Gaga. Besteira é quando você gosta de uma coisa porque seus amigos gostam, ou porque todo mundo ouve, ou vê, ou lê. Esse negócio de seguir a multidão nunca foi a minha praia.

E falando em coisas assim, lembrei de um vídeo que me matou de vergonha por causa desse tipo de garotas fanáticas. Ta aí:


Comentário no Youtube que resume tudo pra você que não consegue acompanhar legendas:

Em outras palavras, o que o Lautner quer dizer é que as fãs brasileiras são como um bando de macacas enlouquecidas no cio e o Brasil é um paiseco de merda cujas "forças de segurança nacionais" estão à disposição de artistas estrangeiros babacas.





Da próxima vez, lembrem-se de que eles são pessoas normais de carne e osso como todos nós, não deuses. E que os garotos normais que você conhece podem ser tão famosos quanto eles (se algum virar um segundo Rodrigo Santoro e fazer filmes em Hollywood, pelo menos).

terça-feira, 13 de julho de 2010

Dia 07: Uma foto que te faça feliz;

1 comentários
Estávamos cansados, fazia muuuito calor, era Carnaval, eu estava tão bem vestida quanto a Stefhany Crossfox mas estávamos felizes! E perto, bem perto.

Dia 06: Qualquer coisa à sua escolha;

0 comentários
Eeita, pense numa coisa difícil de escolher...
Bom, qualquer coisa mesmo? Eu pensei em vááárias coisas de domingo (que é quando eu devia ter feito esse post) pra cá. Mas tudo que eu pensava eu já iria escrever nos outros dias!
Louielouie, meu namorado, perguntou se tinha "game favorito" na lista e então eu achei que (plim!) poderia ser uma boa ideia.

Entãão, meu jogo favorito é o The Sims 2 (sim, o 2, meu pc tá tão ultrapassado que não roda game '3' nenhum, a não ser o Sonic the Hedgehog 3) e eu realmente tenho uma vida lá. Agora eu tou um pouco enjoada de jogar, sabe Deus por que, mas quando tenho recaídas... Me larguem e me deixem jogar! /FFFFUUU...

E qual é a coisa mais legal pra se fazer no The Sims? Personalizar TUDO! Tudo mesmo. Unhas, pele, olhos, cabelos, acessórios, roupas... Mas depois disso? Construir!! *-* Depois, é claro, jogar. Mas eu só tenho paciência pra jogar se já tá tudo arrumadinho.
Mas voltando ao construir, eu gosto muito de pegar fotos em sites de decoração/arquitetura e tentar reproduzi-las no jogo. A que eu achei que ficou mais parecida (e a mais legal de fazer) foi essa aqui:




Clicando fica maior. /dik :B

domingo, 11 de julho de 2010

"A música

1 comentários

é capaz de reproduzir em sua forma real, a dor que dilacera a alma e o sorriso que inebria"
~Ludwig van Beethoven (1770-1827)

sábado, 10 de julho de 2010

Dia 05: “Quote” (citação) favorita

1 comentários

"When it's hard to be yourself it's not to be someone else"
"Quando é difícil ser você mesmo, não é para ser outra pessoa"

Hold On - Jet

Dia 04: Filme favorito

1 comentários



"WE ALL LIVE IN A YELLOW SUBMARINE, YELLOW SUBMARINE, YELLOW SUBMARINE!"

De novo esse 30 Days me colocando pra escolher favoritos!
Eu já vi muitos filmes bons, mas escolher um favorito agora me pareceu meio difícil, o que nem sempre foi assim. Há muitos anos atrás (nem tanto, só nove... caramba nove anos já?) eu estava na primeira série (segundo ano, como seja que se diga agora), com sete anos e a minha turma inteira ia ver um filme no cinema. Estavamos divididos entre duas estreias: Monstros S.A. e Homem-Aranha.
Mesmo eu sendo meio moleque, vendo animes como Drangon Ball, jogando video-game, quebrando o dente jogando futebol com os meninos da escola e brincando com os meninos do meu prédio, eu achava Homem-Aranha coisa de menino (quem entende?) e preferia milhões de vezes ir ver os monstrinhos fofinhos que eu adoro até hoje.
Mas, a voz do povo é a voz de Deus, e como a maioria conta, lá fomos nós ver O Homem-Aranha.
Eu a-do-rei aquilo! Realmente de primeira, se tornou meu filme favorito e isso até os meus 12 anos (quando eu comecei a preferi Harry Potter). E pasmem, porque é verdade: eu via o filme todos os dias! Acho que ninguém viu isso mais do que eu, eu devia ter provas e entrar pro Guinness.

Então o tempo passou e vieram outros favoritos, como A Casa do Lago na sétima série.

Na verdade, eu não sei bem se o Yellow Submarine dos Beatles é meu filme favorito hoje, eu poderia escolher o De Repente é Amor, o Diário de Uma Paixão ou ainda o Across The Universe, mas todos empatam no numero de vezes que eu assisti: duas. O Yellow eu vi vááárias vezes, assim como o A Hard Day's Night, mas o Yellow tem algo que me atrai.
Sem mais delongas, o comeciiinho do filme:




Come Around Again - JET

1 comentários

Yeah I'm waitin' for you, it's been so long

Yeah I'm waitin' for you, it's been so long
Yeah I'm sad when I'm on my own
They said it takes a long long time
If it's not too much
Could you hear me now

You promised me you'd always be
When I wake up please come around again
Come around again
You promised me you'd always be
When I wake up please come around again
Come around again yeah

Yeah I'm waitin' for you, it's been so long
Yeah I'm sad when I'm all alone
They said it takes a long long time
If it's not too much
Could you hear me now

You promise me (...)

Yeah there's something I was thinking about
Get it out of my head
Yeah there's something I was kicking around
Somethin' you said
I don't know when I'm right
I only know when I'm wrong
When you gonna leave some light to show it all
And keep the lights from going off
Coz I don't see

Yeah I'm waitin' for you, it's been so long
Yeah I'm lost but I'm at home
They said it takes a long long time
If it's not too much
Could you hear me now

Come around again -2x
Please come around again.

sexta-feira, 9 de julho de 2010

Dia 03: Programa de TV favorito

0 comentários

"É tudo improviiiiso... vamo improvisar!"

Ok, eu até que vejo tv razoavelmente, mas não tenho um programa de tv favoriiito assim, que eu não perca por nada. Mas claro, tem os que eu gosto de assistir, como o CQC, Esquadrão da Moda, Um Contra Cem e tchanã... o É Tudo Improviso.
Eu raramente consigo ver o programa, mas quando me vi tendo que escolher um pra esse dia, pensei logo nele.
O programa é exibido às terça-feiras às 23:15 (taí porque eu raramente vejo) e conta com os grupos humorísticos de improviso Os Barbixas, As Olívias e Jogando no Quintal (coisas que eu achei na Wikipedia, porque só conhecia mesmo o nome dos Barbixas) e participações especiais.
Eu acompanhava pelo Youtube o trabalho dos caras algum tempo antes de irem parar na tv e adorava, rolava de rir com os jogos.
Aí embaixo, deixo um vídeo do programa, com o jogo "Filme Gringo".

quinta-feira, 8 de julho de 2010

Dia 02: Livro favorito

0 comentários
Eu adoro ler, mas falar de um (e só um) livro favorito pra mim é muito difícil. Na verdade, eu nunca tinha parado pra pensar nisso. Como é que eu vou escolher só um? Eu poderia escolher um pra cada categoria quase.
Mas então, agora eu estou lendo o Confissões de Uma Banda 2 - Alto, Rápido e Fora de Controle da Nina Malkin que é muito bom também, tanto quanto o primeiro. Mas o que vai entrar mesmo pra categoria de Livro Favorito é... (que rufem os tambores) O Mundo de Sofia do Jostein Gaarder!
Às vésperas de seu aniversário de quinze anos, Sofia Amundsen começa a receber bilhetes e cartões postais bastante estranhos. Os bilhetes são anônimos e perguntam a Sofia quem é ela e de onde vem o mundo em que vivemos. Os postais foram mandados do Líbano, por um major desconhecido, para uma tal de Hilde Knag, jovem que Sofia igualmente desconhece.
O mistério dos bilhetes e dos postais é o ponto de partida deste fascinante romance, que vem conquistando milhões de leitores em todos os países em que foi lançado. De capítulo em capítulo, de "lição" em "lição", o leitor é convidado a trilhar toda a história da filosofia ocidental - dos pré-socráticos aos pós-modernos -, ao mesmo tempo em que se vê envolvido por um intrigante thriller que toma um rumo muito surpreendente.

Eu realmente gosto muito desse livro. Porque com ele, no primeiro ano do ensino médio que eu resolvi gostar de filosofia e ver como não é tão chato quanto muita gente já me disse. Nem o livro, nem a Filosofia em si. E também porque a história é muito legal.
Como o próprio Jostein diz no livro, não conhecemos a verdade absoluta, mas temos necessidade de acreditar em algo. Assim, podemos acreditar num conjunto de coisas como verdadeiras e conhecer o pensamento de outras pessoas sobre o mesmo assunto é importante pra construir a nossa "própria verdade".

Caos

0 comentários


"Caos e auto-organização acabam sendo relacionados, pois um sistema que passa por uma transição de auto-organização tende a passar, também, por transições que o conduzem a um comportamento caótico."
-De um livro de Física qualquer.

quarta-feira, 7 de julho de 2010

Começando algo novo (que espero terminar)

1 comentários
Tchanã. Cá estou eu de novo nesse blog que andava às moscas, teias de aranha e poeira. Entããão... como me sinto enferrujada, já que não tenho feito textos nem nas aulas de redação, resolvi participar de um troço muito interessante que achei zanzanzdo pela internet enquanto morria de sono numa meia-noite qualquer. Já faz algum tempo, mas só agora arrumei coragem. Já dizia o Chris: "Sacomé né?"
Preguicite aqui, prova dali, vc pode ter todo o tempo do mundo, e ainda acha com o que se ocupar e não conseguir fazer as coisas com as quais você realmente queria se ocupar.
O projeto se chama 30 Days, retirado do Tumblr, pelo que eu li. Cada dia, posto uma coisa da lista. Mas sabe como eu sou, se eu postar uma coisa por dia, nunca vou acabar com essa lista. Sendo assim, vou postar o quanto tiver vontade huaha.

E é dada a largada!

Dia 01: Música favorita;

Eu adoooro música, e tem váárias músicas que eu adoro! Cada uma pra uma ocasião, ou só pra passar o tempo. Mas, se tem uma coisa que eu não tenho dúvida é quando me perguntam sobre minha música favorita: Hold On dos australianos do Jet (inclusive, Nic Cester fez aniversario ontem! Parabéns, Nic!) .
Desde que eu comecei a querer virar gente, lá em meados da sétima série, com 13 anos essa é minha música favorita. Letra linda, melodia linda, voz linda, banda fa-vo-ri-ta!
Aliás, gosto muito de músicas de auto-ajuda (?). Sabe? Dessas que fazem você chorar e depois levantar a cabeça e superar o que passou.
Essa é uma delas, e a minha favorita no mundo todo!