sexta-feira, 10 de outubro de 2008

Todo Mundo e Ninguém

1 comentários
Tá, nem todo mundo anda tendo tempo pra refletir, mas achei essa poesia muito interessante.

"Ninguém: Tu estás a fim de quê?

Todo Mundo: A fim de coisas buscar
que não consigo topar.
Mas não desisto, porque
o cara tem de teimar.

Ninguém: Me diz teu nome primeiro.

Todo Mundo: Eu me chamo Tod Mundo
e passo o dia e o ano inteiro correndo atrás de dinheiro,
seja limpo ou seja imundo.

Belzebu: Vale a pena dar ciência
e anotar isso bem,
por ser fato verdadeiro:
Que Ninguém tem consciência
e Todo Mundo, dinheiro.

Ninguém: E ue mais procuras, hem?

Todo Mundo: Procuro poder e glória.

Ninguém: Eu cá não vou nessa história.
Só quero virtude... Amém.

Belzebu: Mas o papai não se ilude
e traça: Livro Segundo.
Busca o poder Todo Mundo
e Ninguém busca virtude.

Ninguém: Que desejas mais, sabido?

Todo Mundo: Minha ação elogiada
em todo e qualquer sentido.

Ninguém: Prefiro ser repreendido
quando der uma mancada.

Belzebu: Aqui deixo por escrito
o que querem, lado a lado:
Todo Mundo ser louvado
e Ninguém levar um pito

Ninguém: E que mais, amigo meu?

Todo Mundo: Mais a vida. A vida, olé!

Ninguém: A vida? Não sei o que é.
A morte, conheço eu.

Belzebu: Agora essa é muito forte
e guardo para ser lida:
Todo Mundo busca a vida
e Ninguém conhece a morte.

Todo Mundo: Também quero o Paraíso
mas sem ter que me chatear.

Ninguém: E eu, suando pra pagar
minhas faltas de juízo!

Belzebu: Para que sirva de aviso,
mais uma transa se escreve:
Todo Mundo quer o Paraíso
e Ninguém paga o que deve.

Todo Mundo: Eu sou vidrado em tapear,
e mentir nasceu comigo.

Ninguém: A verdade eu sempre digo
sem nunca chantagear.

Belzebu: Boto anúncio na cidade,
deste troço curioso:
Todo Mundo é mentiroso
e Ninguém fala verdade.

Ninguém: Que mais, bicho?

Todo Mundo: Bajular.

Ninguém: Eu cá não jogo confete.

Belzebu: Três mais quatro, igual a sete.
O programa sai do ar.
Lero lero lero lero
curro paco paco paco.
Todo Mundo é puxa-saco
e Ninguém quer ser sincero!"
Carlos Drummond de Andrade, em A Palavra Mágica

quinta-feira, 9 de outubro de 2008

Happy Birthday, John...

2 comentários

Hoje, 09 de outubro, John Lennon estaria completando 68 aninhos, se não aquele gordo de óculos não tivesse assassinado ele.
Tudo bem que ele era casado com a Yoko, mas o cara não precisava morrer tão jovem!
Em 1980, o cara tava bem na carreira, tinha uma família, amava a mulher (não vejo motivos pq, mas tudo bem, a gnt aceita...), cantava Imagine a torto e direito (que expressão eh essa, man?) e aí vem um gordão de óculos dá um tiro nele e... e acabou... ¬¬'
Sacanagem, neh não?
Well, mas a vida continua e onde quer que o cara esteja, Feliz Aniversário, Johnny...

Courtney Crumrin é emo... (?)

1 comentários
Tava na biblioteca e vi um livro de Ted Naifeh: Courtney Crumrin & as Criaturas da Noite. É... sei não, viu... mas essa franjinha dela, os meiões listrados e o jeito como ela é anti-social e mal humorada não me enganam! Tá na cara q a guriazinha é emo! Nada contra emos, não tou fazendo crítica à personagem, até gosto das criaturinhas às vezes coloridas demais, outras bem em p&b (aliás, os quadrinhos são todos em preto e branco).
Por falar nisso, dia desses eu tava passando na rua, vem um cara e me chama de emo! o_o
Fiquei assustada... shauahs
Só pq eu tava com uma blusinha listrada e sapato vermelho? Não justifica... ksopaakso
Mas, bem que eu ri bastante... :p